• Capas Site Mauro 01

Bullying Circulos restaurativos

A técnica da Justiça Restaurativa consiste em empoderar um professor-mediador, qualificando-o para buscar, através do diálogo entre as partes, vítima e agressor, a solução de conflitos em salas de aula, para promover a paz nos ambientes escolares.No âmbito escolar começou a ser testada em São Paulo, no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal ainda em 2002. Na época, foi criada a figura do professor-mediador, cuja função, exclusivamente, era cuidar da boa convivência de todos no ambiente escolar. As ações nesse sentido, no entanto, não chegaram a ser expandidas de modo homogêneo para o resto do País.

Card Sguranca efetivo

A questão da segurança pública é um tema que chega à atualidade cercado de expectativas e cobranças da sociedade, que pelos autos índices acaba por se auto incorporar aos poderes públicos constituídos em todas as esferas, Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público, no combate à violência. Essa integração, no entanto, não irá avançar sem que haja vontade política dos governos e demais poderes em investir, por um lado, no aumento do efetivo policial e em tecnologia de ponta, e por outros em ações sociais e educativas, na geração de renda e oportunidades, para que as famílias de baixa renda possam viver dignamente e, com isso, evitar a atração dos nossos jovens para o crime.

85 CIEP11

“O Ciep é a minha grande alegria, e é também o meu orgulho”. Assim, Darcy Ribeiro iniciava seu discurso em frente a uma das 500 unidades construídas por Leonel Brizola durante sua primeira gestão (1983-1987) do estado fluminense. A iniciativa pedetista dos Centros Integrados de Educação Pública, que infelizmente não teve continuidade, representa até hoje o maior projeto para o setor que o Brasil já teve.

Visionário, Darcy já indicava o caminho para emancipar o povo. “Ciep é a escola que o Brasil precisa!”, garantia. Esses “Brizolões”, como foram apelidados, buscavam oferecer ensino público de qualidade em período integral aos alunos da rede estadual. Além de refeições completas ao longo do dia, os alunos contavam com atividades complementares e atendimento médico e odontológico.

 IPTU 1

“O novo projeto do governo Marchezan apresentado para tentar viabilizar o aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano de Porto Alegre (IPTU) e, consequentemente, reforçar o caixa da prefeitura, por meio do arrocho no bolso dos contribuintes, não se diferencia, em nada, na essência, da proposta que derrotamos e barramos na Justiça no ano passado”. Essa é a visão do vereador da capital gaúcha e presidente do Diretório Metropolitano do PDT, Mauro Zacher.

Educacao

Não há outra forma de libertação de um povo, que não passe pela Educação. É por meio da democratização do conhecimento que se impõe uma Nação em busca do desenvolvimento econômico e social, que devem, necessariamente, estar umbilicalmente ligados para dar o equilíbrio e a harmonia nas relações das forças produtivas e do capital.

Card Saude Regionalizacao

O governo Sartori vive atrasando os repasses às prefeituras e já provocou o fechamento de 474 leitos em hospitais gaúchos entre 2015 e 2017. Prefeitos se viram nos trinta para reduzir a crise que prejudica o atendimento e atinge instituições tradicionais como a Santa Casa de Rio Grande e o Hospital Geral de Caxias.

Diante disso é certo afirmar que a crise da Saúde no Estado é visível a olho nu. Basta circular pelo entorno dos hospitais de referência em Porto Alegre, em especial o Clínicas, a Santa Casa, PUC e Conceição para verificar a quantidade de ônibus, vans e veículos de todas as espécies, com placas do interior do Estado e logotipia de prefeituras, que servem ao transporte de pacientes para consultas e exames especializados na capital.

A chamada ambulancioterapia é, na verdade, a altgernativa que resta aos municípios diante da falta de investimentos e prioridade à regionalização da Saúde pública no Rio Grande do Sul. É preciso mudar essa realidade. 

 

card BR 116

A cada atraso, vidas se perdem na Estrada

Prevista para ser concluída em 2015, a duplicação do Trecho Sul da BR 116 está com cerca de 60% das obras concluídas. Entretanto, os trabalhos nos 211 quilômetros entre Guaíba e Pelotas caminham a passos lentos devido as inúmeras paralisações ao longo da sua execução, que segue sem perspectiva de entrega.

“Em 12 meses, 255 acidentes, nesse trecho, causaram a morte de 30 pessoas. A cada atraso, vidas se perdem na estrada”, ressalta o vereador Mauro Zacher, que no final de abril passado participou de encontro de mobilização com a participação de lideranças e de todo o Estado, realizado em Camaquã, para chamar a atenção ao problema.

card bullying ap

Por iniciativa do gabinete do vereador Mauro Zacher, autor da pioneira legislação (Lei 10.866) que criou políticas de prevenção e combate ao Bullying em capitais brasileiras, acontece, no próximo dia 25 de maio (sexta-feira), o 1º Seminário Interativo destinado a debater esse fenômeno de violência, especialmente entre jovens em idade escolar.

A atividade terá início às 9h30min, com a abertura feita por Zacher, que coordena o evento e é autor da lei municipal pioneira nas capitais brasileiras de combate ao bullying. Também participam do ato, antes do início dos três paineis do dia, o Secretário Estadual da Educação, Ronald Krummenauer; o presidente do SINEPE/RS, Bruno Eizerik;  o procurador de Justilça do RS e autor da lei federal sobre o tema, Vieira da Cunha; e o presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, Tarciso Flecha Negra. 

Redes Sociais

Redes Sociais FacebookRedes Sociais twitterRedes Sociais InstagranRedes Sociais emailRedes Sociais youtube

Ponto de Vista

Você concorda com o pagamento em dinheiro em aplicativos de transporte como Uber, Cabify e 99 POP?
  • 31 Votos
    SIM
    40.26%
  • 46 Votos
    NÃO
    59.74%
← Votar
Total 77 Votos

Pesquisa