Compromisso, verdade
humildade e cidadania

home logo
MauroZacher 370

O economista progressista americano e Nobel, em 2008, Paul Krugman, quando se referia ao debate econômico sem fundamentos, apenas voltado aos interesses de corporações, diz que “temos que ser sinceros com a desonestidade”. Isso cai como uma luva para definir o que paira sobre os projetos para o transporte público apresentados pelo prefeito Marchezan.

Boneco 2020 2 Elson Sempe Pedroso CMPA

Artigo publicado no Sul 21

Porto Alegre viu nos últimos três anos o abandono de projetos como a descontinuidade dos BRTs, projetados para desafogar o trânsito no Centro; o sucateamento da Carris, reguladora da qualidade do serviço aos usuários; sem falar no fim da segunda passagem gratuita, que beneficiava, entre outros, desempregados e profissionais autônomos sem direito a vale-transporte.

Em ano eleitoral e no final do recesso parlamentar o prefeito apresenta, desonestamente, o que diz ser a “solução mágica” para todos os problemas. Sete projetos que, juntos, segundo o governo “salvarão” o sistema e poderá reduzir a passagem para até R$ 2,00 em 2021.

Para isso, quer taxar aplicativos em R$ 0,28 por quilometro rodado e vai acabar por elevar o preço desse serviço já consagrado pelo consumidor. Quer cobrar pela entrada diária na cidade de veículos não emplacados aqui e, assim, afastará mão de obra e impactará no custo de logística, com reflexos no bolso dos cidadãos. Projetos polêmicos, que não estão acompanhados de estudos técnicos que garantam o ingresso da receita anunciada e tampouco a sua execução.

Gerir o transporte público em grandes cidades é desafiador e precede de muito planejamento. A atitude de Marchezan beira ao desespero e pode ser comparada a de Maurício Macri que, na Argentina, após perder as primárias propôs medidas populistas, como o aumento do salário mínimo e o congelamento do preço da gasolina.

Com uma postura desonesta, Marchezan quer, na verdade, acabar com os cobradores e fortalecer o discurso de campanha, de que quis baixar a passagem, mas os vereadores não! Se depender mim não passará!

(*) Vereador/PDT– Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Você está navegando em :: Artigos e Discursos Notícias

Comente este conteúdo:

Redes Sociais

Redes Sociais FacebookRedes Sociais twitterRedes Sociais InstagranRedes Sociais emailRedes Sociais youtube

Ponto de Vista

Você é contra ou a favor do Uber?
  • 2955 Votos
    Favorável
    72.6%
  • 1115 Votos
    Contra
    27.4%
← Votar
Total 4070 Votos

Pesquisa